História

A história desta instituição vem estabelecida em três períodos:

Primeiro período: Interinidade e 1.ª Titularidade

Em 1928 inicia a atividade pelo Tabelião interino, Julio Bica de Freitas. Em 1929 assume na condição de Tabelião Titular, bacharel em Direito, Mário Maciel da Costa conforme ata do ano de 1946.


Segundo Período: Cartório Trindade

Em 1946 assume a Titularidade o Notário OTTO BÉLGIO TRINDADE, bacharel em Direito, profissional que atuou durante 33 anos, destacado pelo zelo e dedicação que marcou a Cidade, o Estado e o País com a denominação: CARTÓRIO TRINDADE. Em 1979,FERNANDO CASSES TRINDADE, bacharel em Direito e Filosofia, ascendeu à titularidade por efetivação, sucedendo seu pai Otto Bélgio Trindade, permanecendo no exercício até 1988, por breve espaço de tempo, porquanto falecido aos 43 anos de idade. Em período de vacância, de 1988 a 1995, exerceram a titularidade por designação judicial, em caráter temporário, os Substitutos, por 6 (seis) anos, João Francisco de Oliveira, funcionário por mais de 50 (cinquenta) anos, e Substituto por 15 (quinze) anos no Tabelionato, e, pelo período de menos 1 (um) ano, a Bel. Shizue Furusawa Kehwald.


Terceiro Período: Serviço Notarial Manica

Em 13 de julho de 1995 assume a titularidade o bacharel em Direito Sérgio Afonso Manica. A partir desse período, de forma progressiva, inicia-se a reformulação de atendimento ao usuário, mediante a modernização de equipamentos, instalações, de qualificação profissional, com completa informatização dos serviços prestados, propiciando mediante o conceito de excelência, maior eficiência e satisfação aos usuários do serviço notarial prestado.

Em 1998 advém, por decorrência do conceito de excelência, a primeira conquista inédita, o atendimento ao usuário do balcão mediante ficha eletrônica, eliminando o desconforto das filas, e os subsequentes trabalhos de registro em ata notarial do Programa Câmera Dois (TV Guaíba), da 1.ª transmissão do exterior para o Brasil, via internet; do uso de sistema eletrônico de inclusão de imagens em registro de fatos nas atas notariais, e da transcrição eletrônica de documentos em escrituras públicas; do uso por meio informático e de impressão eletrônica de livro e folhas soltas para as atas notariais, e da regulamentação do livro de folhas soltas para os testamentos públicos, com impressão eletrônica e uso de meio informático.

Rua Siqueira Campos,1185 - Porto Alegre/RS
Telefone: (51) 2121-5200 | Fax: (51) 2121-5256

Acesse nosso Blog!


2017© Cléber Oliveira - Inajara Manica.